domingo, 11 de abril de 2010

A BIBLIA TEM SEMPRE RAZÃO - 1

Tiago3:8-12
Mas a língua, nenhum homem a pode domar.É mal incontido, está cheia de peçonha mortal. Com ela bendizemos ao Senhor e pai, e também com ela amaldiçoamos os homens, feitos a semelhança de Deus. Da mesma boca procedem bênção e maldição. Meus irmãos,não convém que isto seja assim. Pode a fonte jorrar do mesmo manancial água doce e água amargosa? Meus irmãos, acaso pode uma figueira produzir azeitonas, ou uma videira figos? Tampouco pode uma fonte de água salgada dar água doce.

CRENTES BEREANOS

No mundo em que vivemos hoje é de se lamentar que os crentes não tenham mais o amor e o zelo pela a palavra, como nos tempos do apostolo Paulo e os crentes de Beréia. Hoje em tudo se busca a facilidade,na tv temos o controle remoto, temos comidas prontas que só é necessário um clik no micro ondas,se necessitar de um comprimido é só ligar que a farmácia entrega em casa. Infelizmente este sistema tem invadido também nossas igrejas, onde se é mais fácil chegar e encontrar pregações prontas para se ouvir, e continuar com a biblia fechada. O apostolo Paulo afirmou que os crentes de Beréia eram mais nobres que os de tessalônica pois conferiam tudo o que ele pregava com o que dizia as escrituras. Por se não ter mais este zelo é que as falsas doutrinas e heresias estão adentrando nas igrejas, o Apostolo Paulo já nos advertia deste perigo quando instruia a Timóteo:"Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo coceira nos ouvidos, cerca-se-ão de mestres, segundo as suas próprias cobiças;e se recusarão a dar ouvidos a verdade, voltando as fábulas" e ele continua ensinando, e nos mostrando o que na realidade deve fazer um cristão verdadeiro que foge de heresias e modismos:"Tu, porém, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre bem o teu ministério" (2Tm 4:3-4). Outra advertencia que o apostolo Paulo nos deixou esta na carta aos colossenses 2:8 quando diz:"Tende cuidado para que ninguém vos faça presa sua por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo a Cristo." Mais que nunca precisamos voltar ao evangelho de Cristo, e não ao evangelho de movimentos, emoções e preceitos de homens.

Pr. Flávio Neres