sexta-feira, 17 de junho de 2011

A MANIFESTAÇÃO DA APOSTASIA.

O pastor da igreja AD Betesda Ricardo Gondim, já tinha garantido o perfil de pastor herege do ano, ao afirmar que defendia a união homossexual e declarar: “Deus nos livre de um Brasil evangélico”. Mas para garantir que não irá perder o titulo para ninguém, o pastor publicou no youtube um video polêmico que nega a segunda vinda de Cristo, chamando-a de utopia, e assim enveredou de vez no terreno dos falsos profetas.


Para tal façanha, ele recorreu aos escritos de um apóstata alemão chamado Jurgen Möltmann, escatólogo de linha liberal do século XX. O pior de tudo é que ele fez isso em um congresso para pastores da Betesda.


Acerca deste acontecimento, o pastor Renato Vargens, escritor, palestrante e colunista deste no blog Púlpito Cristão, escreveu em seu blog pessoal: “o pastor da Assembléia de Deus Betesda adentrou por caminho de liberalismo teológico e apostasia”. “Negar essa doutrina é a perda do maior referencial de esperança da igreja. É levar a fé a um ponto de letargia que para nada mais serve”, disse o pastor Geremias do Couto, escritor, palestrante e teólogo pentecostal ontem no twitter.


O pastor Ciro escreveu em seu blog pessoal: "A fonte de autoridade da escola gondimista não é a Palavra de Deus, mas a teologia liberal, a ponto de seu idealizador — o pastor e filósofo brasileiro Ricardo Gondim — chamar o criador da perigosa teologia da esperança, o alemão Jüngen Moltmann, de “precioso”. Ora, preciosa é a Palavra do Senhor, que dura para sempre (1 Pe 1.24,25)! Precioso é Jesus, a nossa rocha viva e eleita (1 Pe 2.4)!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário